terça-feira, 29 de dezembro de 2015

' Muita gente se impressiona com a carga que algumas pessoas carregam, seja ela positiva ou negativa demais. Não tem jeito. Qualquer excesso de energia é facilmente perceptível a todos que estão ao seu redor. O ambiente sofre alterações por conta disso, o 'clima' e a paz também. E eu tenho esse defeito de não me adaptar aos ambientes pesados, não tenho problema em estar ao lado de dez pessoas extremamente felizes. Mas realmente não suporto suspiros e reclamações constantes sobre qualquer coisa que venha a acontecer na vida das pessoas. Também tenho meus problemas, mas depois de alguns anos vividos, já consigo enxergar que são meus, só meus. E eles são chatos de resolver, dão dor de cabeça e tudo mais mas a vida é assim mesmo. Nem tudo é perfeito, tem que se perder um pouco pra poder ganhar as vezes. Isso que tem que ser entendido. O dia não vai estar pior porque o pneu furou, ou porque você vai ter que resolver milhões de coisas. Isso iria acontecer independente do dia. Não estou aqui dizendo que existem coisas já escritas no livro do destino sobre a tua vida. Muito menos dizendo que era pra acontecer porque sim. Só quero que as pessoas entendam que acontece. E depende exclusivamente de você que isso não seja tão alarmante quanto parece. O que eu mais aprecio na vida é que cada um tem o seu jeito de fazer algo, escolher um caminho. E sempre, preste atenção, sempre haverá uma maneira pacífica de resolver qualquer situação. Escolha entender a vida, escolha saber que não adianta reclamar dos problemas, se acalmar e resolvê-los é a melhor solução, sempre. Se a sua mente estiver com problemas para aceitar isso e você gosta de reclamar sobre tudo, é a hora de praticar. O ser humano é falho, a cada dia você vai ter uma quantidade aleatória de leões pra matar, o pneu do seu carro vai furar, teu celular vai quebrar, mas nada disso deveria ser mais importante que se manter em paz. Ter serenidade para lidar com a vida da melhor forma. Seja educado, peça desculpas e acima de tudo nunca altere teu som de voz, a vida é curta demais pra perdermos tempo sendo desagradáveis. Espalhe a compreensão, seja a paz que o mundo precisa. Estamos em guerra com nós mesmos, qualquer passo dado é um a menos... '

Um comentário:

Fabiana Matos disse...

É verdade. Ótima reflexão!