terça-feira, 1 de março de 2011

Falar em choro



E depois de tanto pensar
Não consigo, em palavras, expressar.
O choro é a melhor resposta,
E espero que seja justa,
Embora torta.
Peço que não me deixe parar,
Deixe que essas lágrimas continuem a molhar,
O que já se secou,
O que já se passou...
É muito bom falar assim,
Ouvindo as gotas tocando no chão.
Falando por mim,
E aliviando a dor do coração.
Compreenda,
Apenas...
Entenda.

9 comentários:

Aline V. disse...

as lágrimas podem ser boas... elas lavam a alma!

=]

Beijokas

Ju Fuzetto disse...

O choro faz bem.

A alma também precisa estar limpa!!

beijos

Daniel Savio disse...

Lagrima lavam a alma, é clice, mas real...

Fique com Deus, menino Rafael Cotrim.
Um abraço.

läry-sousa disse...

As lágrimas lubrificam a alma *-*
gosto muito do seu blog, beijão..Estou de visita =D

Rebeca Postigo disse...

Lágrimas são um santo remédio...
Transpõem todos os sentimentos que não podem ser verbalizados...
Amei o poema!!!

Bjs

cássia vicentin disse...

lágrimas...

Honny e Gio. disse...

''Deixe que essas lágrimas continuem a molhar o que já se secou''

eu achei de uma beleza ímpar esse poema!

Gabriela Marques disse...

Acho magnífico o dom do ator forçar o choro. Aqui em meus olhos, ele brota apenas quando minha boca contradiz meu peito, me confudo, me perco, e me acho depois num soluçar e outro. Alívio.

Laís Santana disse...

Toda vez que algo nos falta (alguém que parte e não volta)
O invisível nos salta aos olhos ♫