segunda-feira, 11 de julho de 2011

Desventuras do Amor!



Cansa-me a vida que tenho. Por ser só e me contentar com isso sem sacrifício. Queria ser desses que amam e gritam desesperados pelo mundo das dores e desventuras dos seus amores. Que morrem por amor a cada dia e continuam vivendo com a mesma alegria. Pena que o amor não seja para todos. Ou não.

5 comentários:

Anônimo disse...

Gosto das verdades... muito bom!

Ser em construção disse...

PAssei para agradecer a visita e principalmente por fazr parte dessa construção.
Super beijo

Jéssica Almeida disse...

Talvez o amor não seja mesmo para todos ou talvez seja, mas alguns não tem a sorte de descobri-lo cedo, e tem que quebrar a cara até aparecer alguém pelo qual valerá a pena cada lágrima e cada sorriso. Por agora, acho que o amor não é pra mim.. =]
Ótimo texto, me identifiquei demais com ele.

;*

Ell Fiscina disse...

Vi seu face por acaso no chat da UESC e entrei no seu blog por curiosidade. E valeu muito a pena. Você escreve muito bem! Adorei os seus textos.
Parabéns!

Beijos

Jack Novaes disse...

Gostei muito... Me diz muita coisa!!! ^^