sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Poesia: Definição I


Erguer monumentos com palavras.
Criar personagens com adjetivos.
Transformar a vida, com conselhos.
Retomar princípios com avisos.
Criar situações,
E fazer com que pareçam reais.
Tocar os corações.
E mudar alguns ideais.
Eis o dom do poeta,
Sua, verdadeira, meta.

11 comentários:

Milla disse...

eu nunca pensei nessa definição..amei :)

Rafael Cotrim disse...

=D

- gabs, disse...

Simplesmente arrazando meus conceitos.
eu nunca pensei nessa definição..amei :) +1

Beeeeeeeijos mil querido Blogueiro.
ótimo fim de semana para você!

Cristiano Contreiras disse...

Eis o dom de suas belas palavras, sempre intenso, meu caro. abs

~*rafasonehara disse...

nossaaa vc mesmo que escreveu??
fico perfeitooo \o/
Beijooos
:*

Rafael Cotrim disse...

Todos os textos são meus.

Erica Ferro disse...

E tu és um poeta!

Que bom que me visitasse, fiquei feliz de te ver por lá no meu canto.

Beijo.

Camila Fontenele disse...

Essa definição, é umas das mais fantasticas que vi!

Natália Corrêa disse...

meta-linguística.

:)

Jade disse...

eu adorei esse !

Daniel Savio disse...

Cara, achei mais bonito a parte de tocar os corações, pois acaba sendo para quem cria a poesia em quem lê...

Fique com Deus, menino Rafael Contrim.
Um abraço.