sexta-feira, 25 de junho de 2010

Choro


Rir não adianta nada,
Quando chorar é inevitável.
A lágrima sufoca a alma,
E a consciência desativa o corpo.

7 comentários:

Ninaaa . disse...

A lágrima não sufoca a alma. Ao contrário, ela faz com que ela respire. Beijos.

Aline V. disse...

Acho que esse poema tá valendo pro jogo de hoje tb né? Que decepção....


Mas tirando a copa do foco... lágrimas as vezes são inevitáveis e não sufoca...limpa!

Beijão

Júlia disse...

A lágrima é sinal de algum extremo, seja ele bom ou ruim.
Gostei daqui.
Beijo

Silvania Saldanha disse...

Postei um texto seu no meu blog. Se quiser ler a minha referência ao que vc escreve é sóme visitar. o endereço é www.minhaspaisagensinteriores.blogspot.com. Obrigada por suas inspirações e bom fim de semana.

Milla disse...

Existem coisas que acabam sendo inevitáveis nas nossas vidas. Conter sempre o choro não é algo que deve ser feito, às vezes precisamos mostrar que não somos apenas fortes..

beijos

Marie Amorim disse...

Quando é inevitável, apenas chovemos.

Daniel Savio disse...

Mas muita vezes rimos de desespero...

fique com Deus, menino Rafael Cotrim.
Um abraço.