quarta-feira, 16 de junho de 2010

Novo


Tudo sem expectativa. Tudo sem conhecimento prévio. Tudo sem verdades absolutas, Tudo sem garantia de sucesso. Tudo sem graça. Tudo sem sorrisos novos. Tudo sem vontade alguma. Tudo sem companhia fiel. Tudo sem um pouco de confiança, sequer. Tudo novo, Pela primeira vez. Estranho encarar o desconhecido, E, pior, ter que vencer a nova etapa. Mas a vida é feita em ciclos. Insuportaveis as vezes, mas necessários com certeza. Força para encarar a vida. Força para viver bem. Caso contrário, não tem graça. C'est la vie.

6 comentários:

Luiza disse...

Borboletas no Estômago [não no sentido de paixão, mas de abrir-se ao novo]!
Tudo tão iniesperado, mas necessário!
Tudo novo, de novo!

Beijobeijo =*

Alguém... disse...

São nas mudanças desses circulos que mais aprendemos*

Catarina disse...

Concordo com o comentário acima ;)
Gostei :)

Milla disse...

Ás vezes é necessário terem coisas novas em nossas vidas, não só para não cair na rotina como para aprender coisas que não aprenderíamos se ficássemos presos em um lugar.

beijos

Thaís A. disse...

POis é, assim é a vida. E nós temos que nos adaptar de acordo com rumos que ela vai tomando - eu acho '-'

Daniel Savio disse...

É estranho zerar a a vida assim...

Fique com Deus, menino Rafael Cotrim.
Um abraço.