segunda-feira, 17 de maio de 2010

Atracado


As águas que aqui batiam,
Nem por perto passam mais.

É o fim da vida e do amor,
Meu barco bem longe se atracou.

O que se foi já se foi,
E o que está por vir,
Não merece ser navegado.

Permaneço com minha âncora,
Parado.

Balançando pra lá e pra cá,
Sem mais forças para remar.

Ao sabor da maré,
Prefiro não saber o que tudo é.

Prefiro entender o que sou,
Sem mais brechas para o que restou.

Pois é o que resta de um barco sem rumo,
Só o barco,
Sem rumo.

12 comentários:

Aline V. disse...

Um barco sem rumo é mesmo meio triste...

Daniel Savio disse...

O que me prendeu mais foi:

"Prefiro entender o que sou,
Sem mais brechas para o que restou."

Pois temos de continuar a vida por mais que doa.

Fique com Deus, menino Rafael Contrim.
Um abraço.

Milla disse...

Acho que só não devemos nos acomodar com a situação..Não existe problema em uma pequena pausa, mas o que pode ser ruim é o fim dela.

beijos

Milla disse...

Selo pra você no meu blog :)

Grafite disse...

adorei aqui :D
seguindo,

beiijo

Phelipe Barros disse...

O melhor da vida e tornar-se, por vezes, um barco sem rumo... As correntes levam a gente para o acaso, e, muitas vezes, este se torna aquilo que mais esperávamos...

Belas palavras!

Rodolpho Padovani disse...

Q tristeza, navegar sozinho é solitário demais "/

Abraços, gostei do q escreves =)

Curiosa disse...

Rafael,
que belas palavras ... que sabedoria para uma pessoa de 17 anos ... Por isso acredito na existência da alma e de outras encarnações .. Essa sabedoria não vem apenas desta vida, mas de todas as vidas de nosssa alma ...

Parabéns, es um poeta .. tens o dom de juntas as palavras e colocar algum sentido no mundo ..

abraço ..

Ninaaa . disse...

Depois desse tempo é bom buscar um motivo pra navegar de novo. Beeijos.

Gabriela Marques (Gabs) disse...

Queria eu ser um barco sem rumo, meu grande problema é querer remar contra a maré.
Pois deixe que as correntezas te levem...
Como o rapaz do comentário bem acima já disse: "muitas vezes este se torna aquilo que mais esperávamos..."

Um grande beijo.
Obrigada pela sua presença em meu Blog.
É uma honra você achar belo meus versos iniciantes.
Te acompanho já faz um tempo, e não pude deixar de notar que quanto mais o tempo passa mais tua escrita se enriquece. Nunca pare, nunca!
Quem sabe não escuto falar ainda de ti por ai? [...]
Beijos e sucesso.

@philipsouza disse...

Um barco que procura sua direção e seu lugar para abarcar....

abraçao

Hosana Lemos disse...

não sei oq eu dizer, teu poema em si está completo...
belíssimo!
sem mais.


um beijo