sábado, 29 de maio de 2010

Real life


E o que acontece,
Quase nunca é o que a gente quer.

Uma compensação de ânimo, às vezes,
Podem ocorrer.

Mas o medo de estar sempre errado,
Consiste em nós, calado.

É a vida real,
Nada muito apreciável.

Nunca nada é igual,
E sempre as quedas são, por demais, palpável.

E ainda assim, temos uma razão para viver sorrindo,
Rir até mesmo caindo.

7 comentários:

gabi m. disse...

Chega uma hora que rir dos mesmos erros perde a graça.

Aline V. disse...

Você podia publicar um livro com suas poesias...são mto boas!

beijoooo

Alguém... disse...

Dizem que sorrir é o melhor remedio, e é mesmo =D **

Daniel Savio disse...

Mas menino, a vida é apreciavel sim, pois vários dias acordamos saudaveis e tranquilos, quantos realmente podem gozar disto?

E mesmo de vida atribulada, acabam gostando da paz que tem durante alguns instantes da vida deles.

Fique com Deus, menino Rafael Contrim.
Um abraço.

Milla disse...

A vida real, muitas vezes não agrada mas eu ainda acho que por ser real ela tem algo de positivo. Viver preso em uma fantasia não dá muito certo para sempre.

beijos

Cristiano Contreiras disse...

Ainda que nos sintamos tristes, a esperança prevalece?

teu blog sempre belo!
palavras intensas.

abraço

Debbys disse...

é verdade...
rir é melhor remédio, né?

bjsss